Entenda o que é remarketing e como usar essa estratégia em eventos
entendaoqueeremarketingecomousaressaestrategiaemeventos
Por Tec Mobile Tempo de Leitura: 2 minutos

 

A facilidade no acesso às tecnologias e mídias digitais revolucionou a forma como as marcas interagem com os seus consumidores. Hoje, esse relacionamento é muito mais próximo. Como consequência, as empresas de um modo geral obtiveram vários benefícios, porém a disputa pela preferência desse potencial comprador também se tornou mais acirrada.

É possível se destacar dos concorrentes em meio a tantos anúncios? Sim! E saber o que é remarketing trará uma boa vantagem competitiva para o seu evento.

Pensando nisso, elaboramos um post para que você saiba, de uma vez por todas, como utilizar o remarketing a favor do seu empreendimento. Confira!

O que é remarketing e como funciona essa estratégia?

Ao pensar em campanhas de marketing, há uma tendência das empresas se concentrarem no primeiro contato, em atrair um número cada vez maior de pessoas. Entretanto, essa estratégia não é suficiente para manter uma boa carteira de clientes. 

O público-alvo de uma empresa deve ser nutrido constantemente para gerar engajamento. E sob essa perspectiva, uma estratégia pode fazer a diferença na fidelização da sua audiência: o remarketing. 

Quando pensamos em tal recurso, estamos falando de ações criadas para pessoas que já tiveram contato com a marca — acessaram o seu blog ou site, visualizaram alguma campanha —, e têm grande potencial para interagirem novamente e considerarem as soluções oferecidas pelo seu negócio.

Este poderoso recurso surgiu com a ferramenta Google Adwords, que divulga anúncios de produtos ou serviços para pessoas que já os tenha conhecido e se interessado pela compra anteriormente.

Qual a importância de utilizar essa ferramenta em seu evento?

No segmento de eventos, o uso do remarketing é um aliado fundamental a fim de garantir o sucesso nas vendas de ingressos, e não é difícil entender o motivo. 

Em plena era digital, a todo momento as pessoas são bombardeadas com uma série de anúncios. Então, se você não marcar a sua presença constantemente — não reavivar a memória de quem despertou a vontade de participar do evento, mas ainda não adquiriu o ticket de entrada —, provavelmente boa parte delas vai perder a chance de participar.

Como planejar e aplicar uma estratégia de remarketing?

Para planejar e colocar em prática uma boa campanha de remarketing, primeiramente é importante definir o local em que seus anúncios serão divulgados — se nas redes sociais, sites, e-mail. Independentemente do canal escolhido, o seu público deve ser presente na plataforma.

Outro passo indispensável a fim de viabilizar o remarketing é contar com as ferramentas apropriadas para escalar o processo e reunir as informações coletadas. São exemplos de instrumentos frequentemente utilizados:

  • Google Ads;
  • Facebook Ads;
  • Instagram Ads;
  • AdRoll etc.

Vale destacar que, no remarketing, depende-se essencialmente do sistema de listas para a segmentação dos leads — eles são divididos de acordo com a ação tomada. Dessa forma, quem pesquisou sobre o seu evento receberá um tipo de abordagem, quem visualizou e comprou o ingresso, outra, e assim por diante.

Como você pôde ver neste artigo, entender o que é remarketing e como incorporá-lo ao trabalho de divulgação de um evento traz excelentes resultados na conquista de uma maior audiência. Ele ajuda a construir anúncios bem próximos aos objetivos dos usuários indecisos ou que têm o costume de tomar a decisão na última hora. Com isso, os índices de conversão do seu negócio podem aumentar significativamente.

Gostou do artigo? Percebeu como o remarketing pode fazer a diferença no sucesso do seu evento? Então, que tal continuar aprimorando seus conhecimentos e aprender como usar o Google Analytics com eficiência?