naoperca8dicasparareduziroscustosvariaveisdeumaempresa
Publicado em 17 de junho de 2021 Por Tec Mobile

Última modificação em:

Tempo de Leitura: 4 minutos

Um dos grandes desafios de qualquer gestor é o gerenciamento da estrutura de gastos do negócio. Ela deve ser moldada para garantir que os custos variáveis de uma empresa sempre fiquem dentro do menor valor possível, sem que isso comprometa a qualidade dos serviços prestados.

Assim, o negócio consegue maximizar as suas receitas e ter sempre a possibilidade de investir em novos caminhos. Mas, para que a gestão dos custos variáveis de uma empresa seja bem-feita, o gestor deve estar atento.

Ele precisa garantir que os gastos variáveis não se tornem fixos e que os custos fixos caiam sempre que possível. Tudo isso mantendo o foco naquilo que pode garantir o sucesso do negócio diante de seus clientes e parceiros comerciais.

Se você tem dúvidas sobre como essa gestão pode ser feita e o melhor caminho para economizar, continue a leitura do texto a seguir!

O que são custos fixos?

Os custos fixos de um negócio são aqueles que devem ser executados, para que a companhia possa se manter funcional. Eles envolvem pagamentos como os salários de funcionários, obrigações tributárias e até a depreciação de equipamentos. Ou seja, são valores previsíveis e que fazem parte do orçamento de qualquer negócio de um setor.

Em outras palavras, custos fixos são aqueles que não mudam, conforme o ritmo de produção ou de vendas da empresa. As contas de internet, por exemplo, são um tipo de custo fixo. A não ser em época de reajuste, dificilmente a empresa terá uma variação do valor gasto com o seu acesso à web.

O que são custos variáveis?

Os custos variáveis são valores não necessariamente previsíveis. Eles podem se modificar a depender da época de vendas ou a partir de imprevistos que toda a empresa enfrenta. Eles incluem itens como a troca não programada de peças, o pagamento de salários de funcionários temporários e a compra de matéria prima.

Podemos dizer, portanto, que todo custo é considerado como variável, se ele pode oscilar conforme o ritmo de produção ou de vendas de um negócio ou a partir de fatores externos, que não podem ser previstos pelo gestor. Isso pode incluir os valores de salários, caso a empresa tenha que ampliar o seu staff temporariamente ou pagar por horas extras. Portanto, a gestão deve estar sempre atenta para o modo como esses pagamentos são feitos.

Como uma empresa pode reduzir os seus custos variáveis?

A redução dos custos variáveis de uma empresa deve ser feita considerando o perfil do negócio e os seus projetos de médio e longo prazos. Nenhum gestor deve eliminar custos ao ponto de a companhia não ter um nível de performance adequado. Afinal de contas, isso prejudicará a qualidade do serviço executado e a competitividade de toda a empresa. Veja, a seguir, alguns passos que podem ser tomados para atingir esse objetivo!

1. Atente-se às demandas dos times

Todo time tem demandas próprias. Por isso, a gestão deve estar atenta para cada uma delas e quais devem ser priorizadas. Isso permite identificar se os custos não previstos são realmente necessários e minimizar as chances de o negócio desperdiçar dinheiro.

2. Consulte novos fornecedores

O mercado muda continuamente, assim como as demandas da sua empresa. Para reduzir o impacto de custos variáveis, uma boa escolha é sempre ter uma ampla rede de contatos com possíveis fornecedores. Isso tornará a busca por produtos e serviços mais abrangente e capacitada para sempre fechar o melhor contrato.

3. Adote seguros

Como apontamos, um dos custos variáveis que uma empresa pode ter é com acidentes. Uma das melhores maneiras de se prevenir, nesse caso, é investindo em seguros. Eles dão mais tranquilidade para o negócio e garantem que o impacto orçamentário de situações emergenciais não será tão elevado.

4. Avalie o regime tributário do negócio

Toda empresa sabe que os tributos pagos podem causar um grande impacto em sua receita. Um caminho fácil de reduzir os custos nessa área é apostando na troca de regime tributário. Se possível, isso minimizará o impacto da área no financeiro do negócio e liberará recursos para outros projetos.

5. Terceirize serviços

A terceirização é uma ótima maneira de garantir que um custo temporário não será elevado. Ela direciona atividades para um time de especialistas e, com isso, reduz riscos e desperdícios. Ao mesmo tempo, permite ao seu negócio ter acesso a um time especializado e capaz de entregar um serviço, considerando as principais tendências do setor, com agilidade e precisão.

6. Capacite o seu time

A capacitação do time é uma das melhores maneiras de reduzir os custos variáveis de uma empresa. Um time bem qualificado é mais produtivo e capaz de entregar bons resultados. Além disso, ele evita erros, inova mais e tem menos dificuldades para atingir as suas metas.

7. Invista em novas tecnologias

O investimento em novas tecnologias é uma das melhores maneiras de uma empresa reduzir gastos e garantir sucesso em médio e longo prazos. O negócio que aposta nessa alternativa consegue eliminar erros, melhorar a sua produtividade e ampliar a sua competitividade. Tudo isso contribuirá para um melhor aproveitamento dos recursos humanos e uma diminuição do orçamento necessário para manter a empresa funcionando diariamente.

8. Integre equipes

Além da capacitação da equipe, uma alternativa para a empresa reduzir os custos variáveis é integrando as suas equipes. Essa escolha permite aos profissionais atuarem lado a lado para entregarem resultados e escolher o caminho mais adequado para cada projeto. Isso evita erros e amplia as chances de problemas serem resolvidos com mais agilidade.

O gerenciamento de custos é uma das rotinas mais importantes do dia a dia de qualquer empresa. Profissionais devem estar atentos ao modo como a companhia direciona o seu orçamento, para evitar desperdícios e maximizar o lucro — tudo isso, a partir de uma visão que considera sempre o caminho com o melhor custo-benefício possível para a empresa e os clientes.

Diante desse cenário, fazer uma boa gestão dos custos variáveis de uma empresa é fundamental. Isso torna o negócio financeiramente mais saudável, elimina riscos e torna o fluxo de trabalho mais preparado para aproveitar os recursos disponíveis. Dessa maneira, a empresa sempre estará preparada para entregar produtos e soluções de alto valor para os seus clientes.

Se você gostou da dica, acompanhe a nossa página do Facebook para ter acesso a novos posts no futuro!




Clique para ver mais
Mapa do Site