Aprenda como elaborar um questionário de pesquisa de mercado! | Tec Mobile
estender500palavrasaprendacomoelaborarumquestionariodepesquisademercado
Por Tec Mobile Tempo de Leitura: 5 minutos

 

Você sabe como um questionário de pesquisa de mercado é útil para os seus eventos e negócios? Com ele, é possível ter informações para tomar decisões importantes sobre as práticas empresariais. Dessa forma, quando a pesquisa é bem-feita, as chances de sucesso da instituição são maiores.

Para ajudar nisso, você entenderá qual é o papel da pesquisa de mercado e quais são as melhores dicas para fazer um bom questionário. O intuito é que o seu evento seja atrativo e consiga engajar o público. As informações poderão ser usadas também para os negócios da empresa. Boa leitura!

Qual é o papel da pesquisa de mercado?

A pesquisa de mercado é um estudo para coletar e interpretar dados que possam dar ideias e ajudar os colaboradores na tomada de decisões. O processo é iniciado com base em um problema específico, definindo a melhor metodologia para fazer a coleta dos dados.

Dependendo dos objetivos, a pesquisa poderá ser qualitativa ou quantitativa. Da mesma forma, os questionários podem ser simples ou complexos, exigindo a participação de pessoas das mais diversas áreas.

A pesquisa de mercado é essencial para as empresas que queiram crescer de maneira saudável. Com um mercado competitivo, ter informações sobre as preferências dos consumidores é um diferencial importante. Assim, os usuários sentirão que os serviços e produtos foram feitos para eles, aumentando a adesão.

Confira a seguir os tipos mais comuns de pesquisa!

Pesquisa de satisfação do cliente

A pesquisa de satisfação do cliente ajuda empresas a otimizar as suas políticas de vendas e relacionamento. Afinal de contas, a partir dela os clientes podem levantar problemas em várias etapas do ciclo de vendas.

Pesquisa de hábitos de consumo

As pesquisas de hábitos de consumo são fundamentais para planejar estratégias de marketing e vendas. Elas dão uma visão completa sobre o comportamento do consumidor para o negócio.

Pesquisa de imagem de marca

A pesquisa de imagem da marca ajuda o negócio a entender se a sua marca está bem posicionada diante dos concorrentes. Os clientes terão a chance de avaliar as medidas tomadas pelo negócio e, a partir dessas informações, as estratégias de branding serão otimizadas com foco no que a empresa quer ser diante dos seus concorrentes.

Pesquisa de teste de campanha

A pesquisa de teste de campanha ajuda a marca a entender a efetividade de campanhas de vendas antes que elas sejam lançadas no mercado. A partir da análise de pequenos grupos, o negócio pode identificar se a empresa montou uma estratégia robusta e de alto impacto. Desse modo, a campanha final terá maior aderência com o seu público-alvo.

Pesquisa com colaboradores

Essa pesquisa é utilizada por empresas para identificar o que pode ser feito para melhorar a cultura interna do negócio. Ela pode avaliar o nível de engajamento e satisfação dos colaboradores.

Qual a diferença entre pesquisa primária e pesquisa secundária?

A empresa que faz pesquisas de mercado também deve entender as diferenças entre as pesquisas primárias e secundárias. Isso ajuda os times a estruturarem questionários mais robustos e que focam nos dados mais relevantes. Confira as diferenças a seguir!

Pesquisa primária

A pesquisa primária é aquela orientada por fontes primárias. Ou seja, dados que são levantados diretamente pelo negócio e com o contato do seu público-alvo. Essa pesquisa é conhecida por ter mais precisão, uma vez que os dados serão filtrados pela empresa e não por terceiros.

Mas apesar da alta precisão, as pesquisas primárias exigem mais recursos financeiros e humanos para serem realizadas. O negócio deverá contratar times, levantar questionários, analisar dados brutos e lidar com outros fatores diretamente. Isso eleva prazos e o gasto necessário para obter os insights que a marca precisa.

Pesquisa secundária

A pesquisa secundária é aquela que obtém dados em contato indiretamente com a fonte. Ou seja, há a intermediação com um terceiro, que é o responsável direto pelo primeiro contato com as informações que o negócio busca. Isso pode trazer uma imprecisão mais ampla para a empresa e prejudicar os insights obtidos.

Esse tipo de pesquisa, porém, demanda menos tempo e menos recursos financeiros para ser feita. Uma vez que o dado já foi coletado, os times poderão direcionar as suas atenções diretamente para os processos de análise. Desse modo, há mais foco na criação de melhorias e estratégias que tornem a empresa mais competitiva.

Quais são as melhores dicas?

Agora que você sabe como é importante fazer a pesquisa, entenda quais são as melhores dicas. Confira!

Defina o objetivo da pesquisa

Não faz sentido fazer uma pesquisa sem objetivos. Serão eles que guiarão todo o processo, desde a definição das questões até a interpretação dos dados. Qual é o problema que a sua empresa deseja resolver? O que ela pretende saber sobre o atual mercado? Ao responder a essas perguntas, você estará mais próximo de definir um objetivo.

Escolha o público-alvo

A escolha do público-alvo também é fundamental. A pesquisa será feita com os consumidores habituais da instituição ou será escolhida alguma parcela deles? A decisão é tomada de acordo com os objetivos da instituição. Pode ser, por exemplo, que um evento de lançamento de produtos seja realizado para o público mais jovem. Nesse caso, o público-alvo deve ser definido para que o planejamento aconteça da melhor forma.

Foque nos pontos certos

A empresa pode levantar muitas questões durante a sua pesquisa. Mas é importante que elas estejam relacionadas diretamente com o alvo do seu projeto. Isso ajudará na análise das respostas e na orientação do seu público-alvo durante a resposta do questionário.

Negócios que pretendem avaliar o posicionamento da sua marca, por exemplo, podem levantar questões que ajudam a entender o que leva o cliente a escolher a empresa em comparação à concorrência. Já marcas que pretendem avaliar a satisfação do consumidor precisam identificar o que o negócio precisa otimizar, quais são os pontos que são valorizados no relacionamento com a marca e o perfil do cliente. Desse modo, otimizar as políticas e estratégias comerciais será muito mais fácil.

Formule perguntas

Para que as pessoas queiram responder às questões, é fundamental que elas sejam feitas de maneira concisa e clara. Além disso, o número de perguntas deve ser definido com atenção. Caso o usuário acredite que o processo será demorado, ele tenderá a desistir do preenchimento do formulário.

Com a definição de modelos, torna-se mais fácil que as próximas pesquisas sejam feitas, já que a forma de se comunicar com as pessoas estará clara, o que criará um tipo de receita.

Adote ferramentas para aplicar a pesquisa

Definir quais são as ferramentas que serão utilizadas para aplicar a pesquisa é útil tanto para planejar o questionário de pesquisa quanto para fazer a análise dos dados. Com o uso de tecnologia, é possível ter relatórios para gerar insights úteis na tomada de decisões. Por isso, procure por aquelas que gerarão os melhores resultados para os objetivos traçados.

As informações são uma poderosa ferramenta para que a sua empresa tenha um diferencial no mercado. Nos eventos, isso é ainda mais importante, já que gerará conhecimento de quais são as melhores práticas a serem adotadas antes, durante e depois das programações. Ou seja, será mais fácil entender os consumidores e, principalmente, fazer com que estejam mais satisfeitos.

Gostou dessas dicas? Então, compartilhe este post com os seus contatos para que eles também conheçam o poder das pesquisas de mercado!